Sala de treinamento

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala de treinamento

Mensagem por Narrador em Seg Ago 01 2011, 17:34

Sala ampla com aparelhos para treinamento individual
avatar
Narrador

Mensagens : 136
Data de inscrição : 23/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Gabriel Tenebræ em Ter Ago 02 2011, 20:03

Estava muito quente no local.


O lugar era grande, e havia varios aparelhos de treinamento que eu nem sei o que faziam ao certo. O lugar estava vazio.
"Ótimo", pensei, "Assim não passo vergonha na frente de ninguem."

Eu não sabia ao certo o que fazer, mas aos poucos fui deixando a espada me "controlar", fazendo movimentos leves. Eu lembro de ter assistido a alguns filmes com guerreiros e tudo mais, mas aquilo era muito diferente dos filmes.

Comecei a desferir golpes em boneco de treinamento, seguindo meus instintos, parecia estar dançando suavemente, com movimentos leves e fatais.

Desferia golpes em diversos angulos, cada vez colocando mais golpes nas estocadas e cortes.

"Cara", pensei sorrindo, "Como isso é bom!"
avatar
Gabriel Tenebræ


Mensagens : 133
Data de inscrição : 10/07/2011
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Natalie Dion em Ter Ago 02 2011, 20:09

Entrei na sala seguindo para o canto onde ficavam os bonecos e sacos para treinamento, só depois percebi que havia mais alguém na sala. Olhei para o lado vendo Gabriel treinando, o cumprimentei e me virei me concentrando no treinamento que faria. A maioria das vezes treinava sozinha e vinha sempre para cá. Muito do que eu sabia sobre golpes aprendi aqui e utilizando a faca de bronze. Golpes, onde acertar, força, profundidade de cortes, tudo aqui, claro que era bem diferente de se ter um adversário de verdade, mas gostava de me exercitar aqui antes de treinar com algum outro campista, me deixava mais atenta.
Comecei meu treinamente com a faca de bronze, me ajeitei em posição e me lancei ao boneco já bem maltratado desferindo golpes em lugares estratégicos. Não sei quanto tempo fiquei ali, concentrada nos golpes, mas parei guardando a faca no bolso, pegando o arco e flecha e saindo para o treinamento em campo aberto No meio do caminho mudei de ideia, deixaria para mais tarde, sai da sala indo ate a sala de armas e guardando as coisas, seguindo então para meu quarto tomar um banho e tomar um café.


ENCERRADO
avatar
Natalie Dion


Mensagens : 165
Data de inscrição : 29/06/2011
Localização : Acampamento meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Narrador em Seg Jan 09 2012, 21:48

TURNO ENCERRADO!


Novo turno iniciando-se dia 10 de Janeiro e encerrando em 31 de Janeiro.
avatar
Narrador

Mensagens : 136
Data de inscrição : 23/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Sammi Scarllat em Seg Jan 16 2012, 16:00


-Arco e flexa e legal-disse atentamente a Maggie.
Enquanto íamos para sala de treinamento fiquei surpresa com o tamanho, havia algumas pessoas treinando para tentar participar da missão. Por um momento me senti seca e pasma pois aquele era meu primeiro dia lá como eu iria conseguir algo assim?
tentei me manter calma, de uma forma estranha aquela situação não me dava medo mais vontade de participar, Maggie estava a meu lado olhando atentamente as pessoas acertando golpes e mais golpes um sob os outros.
Olhei em seus olhos, por um segundo pensei que seu rosto queria me impedir de tentar mais ao contrario ele estava caminhando atentamente para cada pessoa que treinava, para o modo como cada um tinha seu jeito próprio de lutar, alguns sempre atacando vorazmente, outros sempre na defensiva alguns atacando diretamente mais outros sempre usando a logica básica.
Maggie me apontou as outras pessoas que lutavam, todas sempre aferindo golpes e mais golpes sempre que achavam brechas, algumas davam giros no ar, outras davam pulos e golpes inofensivos, havia outros do lado oeste que usavam arco e flexas e me sempre apontavam seus arcos para lugares mais distintos, ao leste haviam outros usando lança- na qual confesso que fiquei maravilhada- e torci minha boca querendo participar também pois seus jeitos de lutar era algo tão diferente que parecia pura magia.
encerrado



Última edição por Sammi Scarllyt em Ter Jan 24 2012, 11:39, editado 1 vez(es)
avatar
Sammi Scarllat


Mensagens : 387
Data de inscrição : 11/01/2012
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Alyssa Elmer em Seg Jan 16 2012, 16:25

Alyssa saiu do quarto correndo em direção ao campo de treinamento. Passou em frente a enfermaria com uma vontade enorme de entrar, mas já estava quase atrasada e não poderia ver Dan antes, ela compensaria e ficaria com ele depois, viu Melanie sair de lá, sorriu vendo que Melanie havia ido visitar o irmão, o que era um bom sinal, pelo menos Dan não ficava sozinho. Alyssa conhecia Melanie a tempos, sabia que a garota era difícil de lidar, que não gostava de ninguém e tudo, mas ela sabia que Melanie tinha sentimentos, diferente da maioria e vê-la dispondo um pouco de seu tempo para ficar com o irmão dava uma tranquilidade para Alyysa...Dan precisava dos irmãos e ele sempre gostou de Melanie. Cumprimentou Melanie com um aceno de cabeça e continuou.

No caminho escutou uma agitação na sala de treinamento. Andou até lá. Haviam campistas treinando ali, haviam deixado claro a dias que o treinamento seria feito no campo e não na sala. Alyssa respirou fundo, entrou na sala e disse. "O que vocês estão fazendo aqui? Posso saber porque estão com equipamentos e treinando? O treinamento será no campo, vocês foram avisados, guardem essas coisas e se dirijam para lá imediatamente." Alyssa deu meia volta e saiu para o campo, ela não gostava de ser chata com ninguém, muito menos falar naquele tom, mas ela estava cansada e sem paciência. Foi para o campo esperando os outros campistas guardarem as coisas na sala e irem para lá.

TURNO ENCERRADO
avatar
Alyssa Elmer


Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2011
Localização : Acampamento meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Julieta Werman em Sab Fev 18 2012, 18:08

Cheguei a sala de treinamento e fui direto para o centro da sala para pensar aonde iria começar e o que iria fazer ali. Eu olhei para um lado e para o outro e vi várias armas e equipamentos de treinamento, mas tinha medo de algum deles me machucar ou algo assim. Então fiquei esperando alguém entrar na sala, eu estava pronta para treinar. Mas sem alguma pessoa pra me ajudar eu não conseguiria fazer nada. - Por que estou parada aqui e não vou para o quarto dormir? - Pensei comigo mesma. - Será que tenho que treinar todos os dias? Não sei se devo mexer nesse equipamentos. Acho melhor dormir. - Pensei novamente. Mas sabia que não podia ficar o dia todo deitada na minha cama lendo um livro. Obviamente eu não sabia o que fazer, mais ficar parada ali não foi uma boa ideia. Então logo peguei um arco e flecha e comecei a tentar acertar no alvo da parede. E como não conseguia acertar nada, decidi não desistir enquanto não conseguir acertar pelo menos uma vez ao alvo, ficar parada no centro da sala novamente não resolveria, então decidi que de qualquer jeito tinha que me mexer, começar a agir, por que afinal tenho muito que aprender ainda. Então eu tentei, tentei, tentei e tentei... Até conseguir, e não é que em uma dessas tentativas eu acertei o alvo? Fiquei tão feliz que não parei, continuei tentando. E confesso que essas tantas tentativas acertei poucas, mas fiquei feliz sim. Por que pelo menos eu tentei, me esforcei e consegui. Mas não me conformei em só treinar arco e flecha, então peguei outros equipamentos e comecei a treinar loucamente. Perdi até a noção do tempo.




Julieta Werman :: Filha de Atena :: 16 anos
avatar
Julieta Werman


Mensagens : 13
Data de inscrição : 31/01/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Annabella Summers em Sab Fev 18 2012, 18:37

Entrei na sala olhando ao redor, a sala estava cheia de armas, equipamentos e etc, havia muitas armas e escudos, a sala era grande. Percebi que havia uma garota treinando ali, ela estava com uma espada na mão, andei até a mesma, mas nem cheguei muito perto, e se ela fosse daquelas garotas estressadas e me atingisse com a espada? Então recuei. Fui até um lado da sala onde havia as espadas e escudos peguei uma espada na mão e a rodopiei na mesma "Eu gostei" sussurro a mim mesma, olhando a espada, era tudo novo pra mim, pois eu nunca havia pegado uma espada na mão, e era tão fácil lidar com ela, bom, pelo menos no treino. Caminho até um boneco de madeira, dando vários golpes no mesmo. Paro por um minuto e olho a garota, ela ainda estava treinando e pelo visto nem havia percebido de que eu estava ali, vou até um banco sentando-me no mesmo, respirando fundo, eu estava toda suada e queria logo tomar um banho, a olho por um tempo e sorrio. - Olá, sou Annabella Summers, filha de Afrodite - Eu sorria a ela, com um tom meio desengonçado. A garota era magra, um pouco alta, e morena, era linda, me senti horrível perto dela, quer dizer, eu me sinto horrível perto de todas as garotas daqui do acampamento. Mas não me deixei levar por esses pensamentos idiotas, continuei olhando a garota e esperando sua resposta, ela estava com a espada na mão, treinando, quando me ouviu falar com ela, olhou pra mim com um sorriso no rosto.


Última edição por Annabella Summers em Dom Fev 19 2012, 13:26, editado 1 vez(es)
avatar
Annabella Summers


Mensagens : 43
Data de inscrição : 28/01/2012
Idade : 20
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Julieta Werman em Sab Fev 18 2012, 19:30

De repente vi uma garota entrar, ela era alta, magra, de olhos azuis... A mesma pegou uma arma e começou a golpear um boneco de madeira. Em seguida vi ela sentar-se em um banco. - Olá, sou Annabella Summers, filha de Afrodite - Dizia a garota. Ela olhava para mim de um jeito bem diferente. - Olá, prazer. Sou Julieta Werman, filha de Atena. - Disse para ela, tentando ser o máximo simpática que posso. Logo em seguida sentei-me ao lado dela, não muito próximo, pois estava pingando de suor, e meu cheiro obviamente assustaria a garota. Olhei para ela e virei-me para pegar uma coisa, peguei duas espadas e dois escudos, então dei uma espada e um escudo para Annabella. - Vamos treinar? Sou nova aqui e... Bom, não fiz nada além de ler um livro, e acertar o arco e flecha. - Disse para ela sorrindo. Eu vi que ela estava cansada, mas não custava perguntar, vai que ela aceitaria minha proposta, ou melhor, vai que ela queira treinar comigo. Então comecei a me alongar, de todas as maneiras que sabia. Então comecei a atacar Annabella, sem machuca-la, somente treinando. Em seguida pus o escudo perto de mim, de um jeito que posso me proteger, e ao mesmo tempo atacar.




Julieta Werman :: Filha de Atena :: 16 anos
avatar
Julieta Werman


Mensagens : 13
Data de inscrição : 31/01/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Annabella Summers em Sab Fev 18 2012, 19:50

Sorri a mesma vendo-a vir em minha direção e me entregar o escudo e a espada"Vamos treinar? Sou nova aqui e... Bom, não fiz nada além de ler um livro, e acertar o arco e flecha." Disse a mesma, dou um sorriso a ela junto de um suspiro, eu estava nervosa, mesmo para um treino, era estranho, mas seria bom, eu acho, e eu havia gostado dela, ela parecia ser uma garota normal, não como as outras que se achavam a maioral ou algo do tipo.Havíamos ficado uma a frente da outra, treinando, direcionei vários golpes a mesma, mas golpes leves que não a machucasse. Por um momento sem querer eu dei uma rasteira na mesma, fazendo com que sua arma fosse jogada para longe. - Desculpa - Digo com a voz fraca, ajudo-a a se levantar para voltarmos ao treino. Ficamos bastante tempo ali, treinando uma com a outra, e por um longo tempo conversamos. - Então, você.. Esta gostando de tudo isso? Porque eu não estou... Estou e não estou, é estranho, não sei explicar muito bem - Digo mencionando ao acampamento, eu estava me adaptando ali, mas era difícil pra mim, conviver com pessoas que eu não conhecia e que pareciam me odiar, ou era coisa de minha cabeça, eu só devia me acostumar, e o cumprir meu deve que era ficar ali, como minha mãe Afrodite quer e como meu pai queria. Dou um suspiro ao lembrar-me dele, meu pai, ele fazia falta, queria estar em casa agora, com ele, rindo, brincando, se divertindo e ele contando suas piadas sem graças em vez de eu estar aqui, nesse lugar.


Última edição por Annabella Summers em Dom Fev 19 2012, 13:23, editado 2 vez(es)
avatar
Annabella Summers


Mensagens : 43
Data de inscrição : 28/01/2012
Idade : 20
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Julieta Werman em Sab Fev 18 2012, 20:20

Havíamos ficado uma a frente da outra, treinando, e ela era boa, me dava golpes bons de leve. De repente ela me deu uma rasteira, creio que não foi de propósito, mas me machuquei, meus joelhos estavam sangrando, doíam um pouco. "Desculpa" Diz ela com medo de que eu não a perdoasse. - Claro que sim, acidentes acontecem! - Disse para tranquiliza-la mais. "Então, você.. Esta gostando de tudo isso?" Ouvi a mesma dizer. - Bom, eu não sei se estou gostando, e também não sei se não estou gostando, é meio complicado de entender, mais vou te explicar direitinho. É como se eu sentisse que aqui é minha casa, e que eu posso me sentir a vontade. Mais por um outro lado, eu não queria estar aqui, talvez esteja aqui só por que minha mãe queria isso, e por que como eu nunca a conheci, eu pelo menos deveria fazer o que ela queria uma vez na minha vida. Então vim pra cá, no começo não foi muito agradável, fiquei meio tensa em todos os lugares que ia, mais depois conheci algumas pessoas e fiquei mais tranquila. Eu acho que vou me acostumar. - Falei tudo que sentia para ela, e quando vi, não falei nada com nada, na minha mente estava tudo confuso, e eu simplesmente FALEI, sem pensar nas palavras exatas. Eu estava nervosa. E acho que me expressei de mais, acho também que ela não deve ter entendido nada do que eu falei, mais fiquei feliz de poder desabafar com alguém e dizer o que eu sinto.




Julieta Werman :: Filha de Atena :: 16 anos


Última edição por Julieta Werman em Dom Fev 19 2012, 19:11, editado 1 vez(es)
avatar
Julieta Werman


Mensagens : 13
Data de inscrição : 31/01/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Annabella Summers em Sab Fev 18 2012, 20:45

" (...) Então vim pra cá, no começo não foi muito agradável, fiquei meio tensa em todos os lugares que ia, mais depois conheci algumas pessoas e fiquei mais tranquila. Eu acho que vou me acostumar. " Ouvi cada palavra da mesma com atenção, e eu a compreendi, era mais ou menos o que eu sentia, de estar ali, naquele lugar, passando por tudo aquilo, parecia que me sufocava mais ao mesmo tempo me fazia bem, e eu não sabia como explicar a sensação, era tudo muito diferente, estranho, e ao mesmo tempo tão... Normal, como se ali fosse meu lugar mesmo, o lugar que eu tinha que ficar. - Ah, eu lhe entendo, eu sei o quanto é difícil, sei que não é fácil de uma hora para a outra você descobrir que é uma semi-deusa, mas já que estamos aqui, temos de seguir as.. "Regras" - Digo dando um sorriso desanimado a mesma, eu sabia o quão era difícil pra ela assim como pra mim, mas receio que com o tempo, nos acostumemos. Levanto-me do banco, dando um suspiro, eu estava grudando, estava fedendo a suor, e isso me deixava meio triste e ao mesmo tempo estressada, olho para a garota e sorrio. - Bom, vou ir para o chalé, tomar um banho e descansar, foi bom conhece-lá Julieta, gostei bastante de você, nos encontramos amanha ok? Agora vou indo, até. Sorrio a ela guardando a espada e o escudo no lugar , e dou meio volta, indo em direção a saída, para ir ao chalé de Afrodite tomar um belo banho.

ENCERRADO


Última edição por Annabella Summers em Dom Fev 19 2012, 13:11, editado 1 vez(es)
avatar
Annabella Summers


Mensagens : 43
Data de inscrição : 28/01/2012
Idade : 20
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Julieta Werman em Sab Fev 18 2012, 20:59

Ela ouviu atentamente minhas palavras. "Ah, eu lhe entendo, eu sei o quanto é difícil, sei que não é fácil de uma hora para a outra você descobrir que é um semi-deus, mas já que estamos aqui, temos de seguir as.. "Regras"."Disse a mesma, dando um sorriso desanimado. - Sim, temos que seguir as regras, chega por hoje. - Em seguida vejo-a levantando do banco, dando um suspiro. "Bom, vou ir para o chalé, tomar um banho e descansar, foi bom conhece-lá Julieta, gostei bastante de você." Disse ela sorrindo, dando meia volta e dirigindo-se até a porta da saída. Então me dirigi até aonde ficavam os equipamentos e coloquei os mesmos lá. Em seguida me dirigi até a porta de saída e lá estava eu indo para o meu chalé, para tomar um belo banho, ler meu livro e bom... Dormir, pois amanhã é um longo dia. Olho para a sala. - Estou realmente gostando daqui - Digo a mim mesma. Eu estava cansada, pingando de suor, com certeza fedendo. De repente tudo que aconteceu essas semanas veio em minha cabeça, a carta que eu li que me trouxe aqui, quando descobri que ela filha de Atena, e uma semi-deusa... E principalmente que meu pai morreu, isto ainda me dói, eu sinto falta dele. Então dei meia volta e saí da sala.

ENCERRADO






Última edição por Julieta Werman em Dom Fev 19 2012, 19:17, editado 3 vez(es)
avatar
Julieta Werman


Mensagens : 13
Data de inscrição : 31/01/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Narrador em Sex Mar 02 2012, 16:33

TURNO ENCERRADO!


Novo turno iniciando-se dia 03 de Março e encerrando em 16 de Março.
avatar
Narrador

Mensagens : 136
Data de inscrição : 23/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Melanie Howard em Dom Abr 22 2012, 19:38

Eu tentava controlar a respiração enquanto corria em torno da aérea de treinamento, meu corpo pedia por descanso, mas eu havia decidido me focar nos treinos, meus dias eram divididos em dois treinos antes do almoço e treino pós o almoço. Depois da festa as pessoas me encaravam mais abertamente e fuxicavam enquanto eu passava, naqueles momentos eu achava péssima a idéia de James. Eu não havia visto após a festa nem mesmo na aérea de treinamento o que fazia crer cada dia mais que ele devia ter encontrado problemas por minha causa. Parei naquele instante percebendo o quão minha respiração estava afobada. Tentei controlar ela novamente, o vento estava forte e o frio havia aumentado, minha ressaca pós festa havia durado dois dias sendo assim decidi que não iria mais beber tão cedo. O que eu achava uma pena já que não havia mais nada de útil para se fazer nesse lugar.

Meus olhos foram para a floresta, não havia noticias de Gabe nem de Dan e agora eu sentia que havia cometido outro erro, quem sabe Gabe teria voltado com Dan assim que ele melhorasse. Eu havia me precipitado ao achar que Gabe deveria ter me dito sobre Dan, mas talvez ele não tivesse tempo de me contar. E se ele me contasse também não o deixaria ir.

Fui para o centro de um tatame e comecei a socar um saco de aérea preso no teto, parei por alguns instantes para apenas prender meu cabelo no alto. Eu não sei quanto tempo fiquei ali apenas treinando chutes e socos. Era complicado treinar sozinha. Se Dan ou Gabe estivesse aqui, o nome dos dois não sai da minha mente como musicas de funk que invade sua mente. Suspirei derrota.

“Você sempre fazendo errado Melanie, prometa pelo menos uma vez que assim que ele chegar você contara a ele.” Eu me achava palhaça por estar ali falando sozinha, mas eu sabia que precisaria ser sincera com Gabe eu poderia ser tudo menos mentirosa ou emitir algo que eu mesma fiz. Soquei com mais força o saco de areia porem a segunda seqüência minha mão não acertou o ponto certo escorregando pelo lado, meus dedos estralaram todos juntos. Xinguei alto me ajoelhando no chão e chorei. Não conseguia distinguir se estava chorando por mim, por Gabe, por Lucas, por Dan, por James ou por todos, eu não era de chorar nunca me permitir sentir tanto que me fizesse chora, mas os dias estavam difíceis. Eu havia entregado Gabe e Dan e não tinha nenhuma noticia deles, eu sabia que eles poderiam estar presos ou talvez eles deveria ter conseguido fugir, eu sentia uma vontade enorme de sair do acampamento. Mas eu não tinha mais recurso eu havia jogado meu celular fora e precisaria de um novo.

“Pensa, pensa , pensa Melanie.” Um sorriso surgiu em meus labios assim que pronuncie as palavras, cabei de lembrando de James no dia da festa. E mesmo com lagrimas nós olhos o sorriso foi impossível de esconder.
avatar
Melanie Howard


Mensagens : 80
Data de inscrição : 01/08/2011
Localização : Acampamento meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Alyssa Elmer em Ter Abr 24 2012, 21:44

Alyssa saiu cedo para correr, para ela esse era o melhor horário para se exercitar, ela gostava de correr sozinha algumas vezes e a essa hora poucos campistas estavam acordados.

Ela voltava da floresta, passando em frente a sala de treinamento que estava com a porta entreaberta. Alyssa parou um instante, se decidindo por ir até lá e ver quem era o corajoso que havia levantado cedo e começado seu treinamento. Ela se aproximou entrando na sala, Melanie se encontrava bem no meio, treinando vigorosamente. Alyssa ficou ali, observando a colega por alguns instantes. Mel sempre havia sido boa, claro que somente nos momentos em que ela realmente estava a fim de treinar, mas de uns tempos para cá ela parecia ter melhorado bem mais. Alyssa pensava que ela talvez se focasse em treinos para esquecer seus problemas e Mel no momento parecia ter muitos.

Para Alyssa treinar, muitas vezes, era um tipo de terapia, ela usava a raiva, frustração, ansiedade ou até mesmo um excesso de energia nos treinos. Ela se livrava de tudo aquilo que a consumia nos treinos, descontava no equipamentos e depois se sentia mais leve, como se somente socar pudesse livra-la de todas as coisas ruins que a faziam se sentir mal.

E agora, vendo Mel, ela pensava que a garota estava ali por motivos talvez semelhantes. Mel se ajoelhou e pareceu para Alyssa, ali da distância em que ela estava de que Mel havia começado a chorar. E agora ela não sabia o que fazer, se ela se aproximava, se ficava por ali esperando que Mel se acalmasse ou se ela saia antes que a garota a visse ali.

- Pensa, pensa , pensa Melanie. – Alyssa saiu de seus devaneios e prestou atenção na garota novamente, ela sorria.

- Muitas pessoas acham que rir e falar consigo mesma é um sinal de “loucura” – Alyssa disse fazendo com as mãos o aspas em loucura. Mel pareceu se assustar em um primeiro momento olhando na direção de Alyssa.

- Eu particularmente acho que não. – Alyssa saiu da porta onde ela estava encostada até aquele momento e se aproximou de Mel – na verdade eu acho que é ótimo sabe, conversar com você mesmo as vezes. – ela se sentou ao lado da garota. – quem melhor para te entender do que você mesma? Além do mais, você mantém seu cérebro sempre ocupado, trabalhando, o que só traz benefícios para você. – ela passou os braços pela perna e olhou em frente – Se você quiser conversar.. – ela deixou a frase no ar, Mel entenderia. Elas ficaram em silêncio durante um tempo.
avatar
Alyssa Elmer


Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2011
Localização : Acampamento meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Melanie Howard em Qua Abr 25 2012, 11:16

Sorri ao ver Alyssa sentada ao meu lado, limpei as lagrimas enquanto ela dizia algo que por fim não consegui definir, continuei em silencio por alguns segundos. Ela já deve ter ouvido sobre Lucas assim com James. Suspirei fundo decidindo o que falar ou não para Alyssa por fim decidi falar tudo, quero dizer quase tudo.

- Sabe o que eu descobri? Que eu sou uma eterna procuradora, eu vivo procurando qualquer coisa que me faça sentir viva, que me faça sentir dor, que me faça sentir algo. Não se engane com as lagrimas que escorrem dos meus olhos elas não são de dor, nem ao menos de tristeza é apenas desespero, se assim posso dizer. Ela é o esforço de tudo que já fiz para conseguir continuar de pé com a cabeça erguida. Mas chega uma hora que ate mesmo os gigantes e as rainhas caem.
Eu sabia que provavelmente Alyssa não estava entendendo quase nada do que eu diria, mas o sentimento confuso parecia me sufocar por dentro, me correr em minutos e estrangular qualquer coisa que ele visse a frente.


- Eu já pensei mil vezes em desistir, em fugir em sumi, mas sempre faltou coragem para enfrentar aquilo que eu mais desejo a liberdade. Minha casa não é mais meu refugo, meu quarto já não é meu ponto de descanso e meu espelho a esse eu prefiro não contar. Eu sei que eu deveria lutar, sei que deveria erguer minha cabeça e continuar, mas eu simplesmente não consigo mais. Eu não tenho mais aquela força que antes eu exalava entre as palavras, ou os gritos. Hoje acredite não consigo nem se quer gritar, não consigo mais impor o respeito que antes transpassava em apenas um olhar. Eu virei tinta fresca que com apenas um dedo é capaz de borrar.

Olhei para os lados me sentindo uma louca, talvez aquela fossem a conversa mais longa que eu tivera com alguém em toda minha vida, todas elas era resumida em xingamentos ou em respostas irônicas com flertes que acabavam em um canto escuro de qualquer lugar, eu nunca me sentira suja, mas agora parecia que minha alma estava suja.

- Sabe aquele sentimento limpo, aquele frio na barriga que sentes se quando ama alguém? Ou aquele sorriso idiota que apareci nós lábios quando ele aparece em seu campo de visão? Pois é, eu apenas os li em livros, detalhados em linhas corretas, com a ortografia perfeita em folhas enumerada, sentimentos descritos por pensamento de outros. Por incrível que pareça eu sempre esperei encontrar algo forte como descreveram nos livros. Talvez seja por isso que enlouqueci. Não, enlouqueci não é palavra correta a se dizer, eu apenas aprendi a conviver em dois mundos o meu mundo cheio de fantasias e diálogos interiores. O outro mundo é a realidade essa porra que chamamos de vida, nós dizem que somos livres, mas meu filho se você não tiver dinheiro nem ao menos na esquina você ira, se não aprender a corromper as pessoas você será eterno fracassado, se não souber manipular os dias você simplesmente não vera ele passar. Se você não ser forte, se você abaixar a cabeça qualquer um acha superior a você, por isso Alyssa criei meu escudo. Eu sei que você já ouviu sobre James, mas ate mesmo aquilo é encenação, eu apenas estava bêbada e fracassada demais para conseguir dar 50 passos ate a porta e acredite essa semana sinto que envelheci dez anos.

Ela continuava em silêncio apenas ouvindo meus devaneios.

- Nos colégios normais, eu era temida como sou aqui. Nenhum garoto se aproximava, eu nunca ouvira um como você é bonita, apenas um mero talvez gostosa quando passava nas rodinhas de meninos ou quando estava na cama com Lucas.
Lagrimas mais uma vez escorreram do meu rosto. Lembrando-me de como James havia me tratado no dia em que estava bêbeda, eu sinto um aperto no peito que parecia me invadir.


- Eu nunca dei espaço para que alguém me tratasse bem, eu nunca fui acostumada com tratamentos que ultrapassasse uma leve virada de olhos ou um xingamento. E então...

Calei-me Alyssa era amiga de James.

- E então tem tanta coisa acontecendo.
avatar
Melanie Howard


Mensagens : 80
Data de inscrição : 01/08/2011
Localização : Acampamento meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Alyssa Elmer em Qui Abr 26 2012, 20:39

Alyssa deixou que Melanie falasse, ela escutou tentando entender exatamente o que a afligia. Mel conversou com ela tão abertamente como elas nunca haviam conversado antes e Alyssa não pode deixar de reconhecer ali, nas palavras de Mel, coisas que ela mesma já havia pensado antes, coisas que afloravam quando ela não se sentia bem, quando estava cansada de tudo e de todos, ela conhecia aquele sentimento, ela entendia o que Mel deveria estar sentindo.

Alyssa ficou em silêncio um tempo a mais depois que Mel parou de falar, ela infelizmente não sabia o que dizer ou o que fazer para conforta-la, ela tinha os mesmos questionamentos e nunca soube lidar com eles ou talvez nunca tenha tido uma resposta para eles, como ela seria capaz de dar uma resposta para Mel, uma que a garota pudesse realmente se beneficiar..era simples...ela não podia, não sabia como fazer.

- Eu imagino como você deve estar se sentindo. Nós duas somos parecidas em muitos aspectos, em muitos problemas, questionamentos, vontades, liberdade, nós apenas lidamos com elas de forma diferente e eu sinto muito, sinto mesmo não poder te ajudar com isso, eu não tenho qualquer pensamento ou palavra para lhe oferecer que possa te ajudar a lidar com a angústia que você sente agora. Comigo esse sentimento apenas abranda sabe, com as horas, dias, e aí chega um momento que volta de novo e eu também não sei como lidar. Eu penso que você conversar com alguém, ou então ter alguém em que você possa confiar, se apoiar quando a coisa toda desaba deve ajudar. O meu ponto de apoio sempre foram James e Dan, apesar deles nunca entenderem o que se passava comigo. Eu te diria que você precisa de alguém que entenda isso, alguém que divida as mesmas questões que você, mesmo que isso não lhe dê respostas, ela te dá uma força a mais para lidar com isso e a não passar por isso sozinha. Eu sei que é horrível, você se sente deprimida e com vontade de sumir, de não falar com ninguém e simplesmente cair no mundo, mas são tantas as conseqüências que um ato como esse traria que se acaba não fazendo-o e sabe..eu sinceramente, algumas vezes penso que essa seria a melhor opção. Sumir por um tempo e voltar apenas quando você sentisse vontade, sei lá..acho que é um tipo de divagação estranha essa, não sei se realmente faz sentido. – Alyssa olhou para Mel – Eu apenas estava tentando te dizer, de forma totalmente desajeitada, que aconteça o que acontecer, sentindo-se da forma que for, não deixe que esse sentimento te derrube. Se você acha que deve sentar e chorar, faça, se acha que deve sair e socar meio mundo, saia...se é essa a forma que você tem para lidar com isso, então não a esconda, não se segure, apenas faça.

Alyssa virou-se de frente para Mel. – Haja o que houver, se você precisar conversar, desabafar, ou apenas se distrair, você pode falar comigo se quiser. Eu sei que nunca fomos exatamente próximas, mas eu estou sempre por perto se você quiser conversar. Posso não ser lá uma boa companhia, ou sequer saber dar conselhos, mas eu posso te escutar e muitas vezes, apenas ter alguém que a escute já ajuda..acalma a alma..pelo menos eu me sinto assim. Seja o que for, eu te escuto, eu sei que não sou lá uma opção muito boa para você conversar, principalmente sobre garotos, mas o que conversamos, fica entre nós. – Alyssa sempre gostou da garota, ela via Mel como uma pessoa que necessitava se proteger, se proteger dos outros e de si mesma e por isso ela afastava todas as pessoas que pensavam em se aproximar e sua forma de fazer isso era tratando a todos mal. O porque Mel nunca havia tratado a própria Alyssa mal, isso ela não sabia dizer, afinal Alyssa já havia dado tantas broncas na garota durante esses anos que era um milagre Mel não passar perto dela e a socar.

- Mas me conta..sabe, sobre a festa. A sua saída e de James foi o ponto alto da festa desastrosa, causou um burburinho no pessoal, coisas exageradas e de mal gosto, que eu não acredito nenhum pouco. Vocês fizeram bem em se mandar de lá cedo.


OFF: me perdoe Mel, eu demorei e o post ainda assim ficou péssimo
avatar
Alyssa Elmer


Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2011
Localização : Acampamento meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Melanie Howard em Qui Abr 26 2012, 21:14

Eu ouvia tudo em silencio, com os olhos chão Alyssa estava a frente da Melanie fraca, que se escondia atras dos gritos e dos insultos. Me encantava ver que ela se sentia mais ou menos como eu, talvez fosse por isso que eu me simpatizei com ela desde o inicio.

"Mas me conta..sabe, sobre a festa. A sua saída e de James foi o ponto alto da festa desastrosa, causou um burburinho no pessoal, coisas exageradas e de mal gosto, que eu não acredito nenhum pouco. Vocês fizeram bem em se mandar de lá cedo."

Um sorriso involuntário brotou dos meus lábios e eu encarei ela, pelo olhar dela, ela também havia percebido. Sequei as lagrimas que escorriam pelo meu rosto.

"Ele provavelmente deve estar com problemas daqueles não é?" Eu disse me sentindo culpada. "Eu estava entendiada e resolvi propor a ele quem ficaria bêbado primeiro e para variar eu perdi, se ele não me levasse para o chale eu provavelmente estaria ate agora naquele sofá. Sobre o que estão dizendo eu não me importo, já falavam tudo isso de mim antes mesmo de James, eu sinto por ele estar envolvido com isso."

De uns tempos para cá eu estava sentimental de mais e eu deveria achar alguém para colocar toda a culpa.

"Eu acho que como Dan e Gabe estão fora, ele acha que tem meio que o dever de fazer algo por mim." O que eu achava totalmente ridículo. "Ou não já que desde o dia da festa nunca mais vi ele, talvez ele esteja sumindo. Talvez ele ache que sou uma louca desvairada e na verdade ele tem razão."

Olhei para Alyssa e descarreguei.

"O problema é que não consigo parar de pensa nele e eu sei que é errado e droga eu não to amando ele, mas ele insisti em aparecer nos meus sonhos. E em roupas minimas e tem o Lucas e todas as outras que ele cobiça e a idade de James e ele nem me dar moral, isso que dizer que eu me fudi. Que pela primeira vez na vida eu estou realmente pensando em um cara que eu nem se quer fiquei perto o bastante."

Eu sabia que minhas palavras estavam estranhas para Alyssa.

"Olha com Lucas eu não gostava dele em si, eu gostava de estar com ele, gostava de dizer que eu não era sozinha, eu achava idiota as coisas que ele dizia e odiava a forma que ele me chamava de gata ou delicia. Odiava a forma que ele tentava seduzir. E com James não ele não fez nada ele é apenas ele e é lindo ouvi ele falar e sorrir e eu estou com serio problemas né? E eu devo ficar bem longe dele."
avatar
Melanie Howard


Mensagens : 80
Data de inscrição : 01/08/2011
Localização : Acampamento meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Alyssa Elmer em Qui Abr 26 2012, 23:01

Alyssa sorriu. James continuava o mesmo prestativo de sempre. Ela não duvidava de que ele havia ajudado Mel por se sentir um pouco responsável por ela já que Dan não estava ali para cuidar da irmã, mesmo Alyssa achava que devia cuidar dela na ausência de Dan. Não que ele tivesse pedido ou dito algo desse tipo alguma vez antes, mas sempre foi um concenso entre os três, algo de que não se precisava de palavras para saber, eles sempre se protegeriam não importasse a situação e nisso se encaixava as pessoas que seus amigos se importavam também e claro, Mel era uma delas.

Tanto Alyssa quanto James sempre gostaram de Mel, mas ela tinha Dan para protege-la e agora ele não estava ali. Ela sabia que Mel um dia teve uma queda por James, os três sabiam e por isso James sempre se manteve mais afastado, Mel era mais nova e irmã de seu melhor amigo, era muito James evitar dar qualquer tipo de encorajamento, mesmo que involuntário. Só que Alyssa havia visto James e Mel conversando na festa, ela conhecia aquele olhar de James e ela começava a se perguntar se era realmente só preocupação por Mel.

- Não se preocupe com James, eu não sei se ele se meteu em problemas. Nós não nos falamos desde uns dias antes de Dan ser levado. Também não me falaram nada se ele teve algum problema, duvido que com os comentários que andam rolando pelo acampamento que ele passe impune de pelo menos um sermão, mas algo mais sério..não sei. Talvez ele só esteja afastado para não causar mais problemas, o que seria bem James mesmo. – ela sorriu para Mel.

- Bem, se não se importa de eu dizer, não entendo como você e Lucas duraram tanto tempo juntos sabe. Era visível que você gostava um pouco dele, mas eu nunca entendi como você agüentava aquela situação, eu não agüentaria, na verdade nem aceitaria algo assim. Lucas não parece ser o tipo de cara que vai se interessar de verdade por uma garota. Não faço ideia do motivo dele agir dessa forma, mas que essa forma dele agir não vai ser o suficiente para ele daqui alguns anos, isso eu acho que não mesmo e aí quando for tarde ele cai na real e sinceramente..não volte para ele Mel, não decaia, simplesmente levante a cabeça como você vem fazendo e siga em frente que alguém melhor aparece. – Alyssa encostou os braços no chão atrás dela sorrindo. – quer dizer, já apareceu e bem, James é um cara ótimo e é de um cara assim que você precisa, um cara que não importe as circunstâncias, ele vai sempre te tratar bem.

Alyssa olhou na direção da porta, ela deveria te-la fechado e evitar que alguém pudesse escutar algo, mas ainda era cedo e as pessoas não viriam ali a essa hora.

- Você não tem sérios problemas em relação ao James, não por estar a fim dele, mas mesmo assim vamos dar um jeito nos seus problemas.Vamos enumerar. Primeiro – Alyssa se ajeitou erguendo um dedo – esquecer definitivamente o Lucas, o que ele te fez, o que você fez a ele, deixar as mágoas de lado. Segundo, você vai passar um tempo sozinha, uns dias, sem sair com ninguém, e por ninguém eu quero dizer, nenhum dos caras do acampamento. Terceiro, evite brigar com as pessoas nesses dias. Quarto, ajeite seus sentimentos em relação ao James. Quinto e último, depois que você souber o que você quer eu te ajudo, com o James. Pra mim ele não é indiferente a você, não mais, só precisa de um impurrãozinho ou algo assim. Quanto a qualquer problema que ele possa a ter, a gente dá um jeito. – Mel a olhou descrente. – Relaxa Mel, conheço James, se ele tiver a fim, não é uma reprimenda que vai fazer ele desistir. Acredite em mim ele deveria era ter medo de Dan e não de uma reprimenda.

Alyssa fez uma careta – e eu acho que eu devo ocupar meu tempo em vez de ficar me metendo na vida dos outros.
avatar
Alyssa Elmer


Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2011
Localização : Acampamento meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Melanie Howard em Sex Abr 27 2012, 12:24

"Você esta mais animada que eu com essa historia." Dei uma gargalhada alta, colocando minha mente para trabalhar. "Olha. Acho melhor deixarmos isso tudo para lá, eu quero me focar nos meus treinos, me focar em sair logo daqui, não quero perder tempo com romances que provavelmente não terão fim algum, a varias garotas nesse inferno de lugar e tenho certeza que quase todas elas daria quase tudo para esta com ele. Eu não quero criar expectativas com algo que não existe, ele apenas foi gentil. Talvez seja por isso que não paro de pensar nele, nunca ninguém foi gentil comigo. Mas, logo passa."

Olhei para a floresta ela estava com tom meio acinzentado. De repente me senti sufocada ali, uma vontade enorme de estar lá fora vendo o sol nascer de lugares diferentes.

“Eu acho que eu devo realmente seguir seu conselho, vou ficar fora do caminho das pessoas por algum tempo. Eu já causei problemas de mais no acampamento.”

O plano parecia simples, eu iria embora. Não lutaria mais por nada, se encontrasse monstros seria simples ou eu os derrubaria ou morreria. Eu não estava saindo por nada, não estava saindo por amar alguém ou por quer algo demais. Eu simplesmente estava cansada. Cansada de nunca senti nada se isso fosse possível, era como se tivesse um buraco dentro de mim como se estivesse oco, nem mesmo o pulsar do sangue o coração batendo era possível de sentir.
Uma vez eu ouvi uma frase quando tinha meus treze anos, naquela época para mim não fez sentindo algum, mas agora era como se ela vare-se meu corpo explicando tudo o que eu sentia.

“O suicídio começa por dentro.” Meu corpo estava completamente morto não se sentia mais nada. Eu não estava pensando em me matar, mas eu sabia que assim que saísse do acampamento eu estaria correndo um risco enorme e não restava nada mais para mim do que sair. Eu não me imaginava com filhos, casada e com marido atencioso ao meu lado, eu não imaginava nem ao menos James dizendo que ele achava que havia algum futuro para nós dois. Eu não perderia nada, não ganharia nada continuando aqui, apenas umas lagrimas a mais. Suspirei me sentindo cansada. Olhei para ela de lado pegando em sua mão. Estava gelada.

“Eu sei que não precisaria falar estas coisas, mas nunca deixe que ninguém te diga o que fazer ou o que não fazer Alyssa, eu sei que você segui seus princípios, mas não precisa ter medo da vida, não precisa ter medo de dizer ou de gritar quando for preciso, você é meiga é delicada e as vezes acaba tendo medo da vida mais ela é tão curta.”

Eu não sabia o porquê estava dizendo tudo aquilo a ela.

“Você tem que ser treinadora porque quer e mão porque alguém disse que você deveria fazer isso, você pode sei La trabalha em uma loja de maquiagem tipo MAC.” Sorri com idéia. “Eu acho que vou indo, preciso resolver algumas coisas, colocar outras em ordem. Se cuida”


ENCERRADO
avatar
Melanie Howard


Mensagens : 80
Data de inscrição : 01/08/2011
Localização : Acampamento meio-sangue

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Narrador em Qua Maio 16 2012, 14:06

TURNO ENCERRADO!


Novo turno iniciando-se dia 16 de Maio e encerrando em 31 de Maio.
avatar
Narrador

Mensagens : 136
Data de inscrição : 23/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de treinamento

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum